Imensurável

a intensidade do que sinto é o tamanho do peito que carrego sobre a minha alma. um tamanho imensurável que se compara ao infinito imperceptível aos olhos de quem ainda não enxerga bem. miopias destoantes de tantos se encaixam aqui dentro num formato indescritível desenhado como respeito. respeito aos olhos, às penas, às fadas e... Continuar Lendo →

Anúncios

do abismo ao infinito

do abismo ao infinito há tristezas memórias a se reconhecerem reencontros com a alma momento de esvaziar espaços cheios de nada tanta merda dita conhecimento mais o que fazem é nos perder o momento. História nos foi ensinada ao bel prazer de interesses alheios à liberdade de corações ferozes que hoje gritam a saída das... Continuar Lendo →

Navegando emoções

intensidade na leveza de ser tudo o que apraz e talvez nem é lazer há descoberta do amor no ódio há mar aberto do desconhecido próximo navegar é necessário seja a paz a tormenta ou caso otário, quem aguenta ondas norte quando o choro é certo e o santo nem tão forte? lágrimas de dor... Continuar Lendo →

ME VI

A arte do Renato Morcatti é daquelas que me faz vibrar e do meu corpo, em vórtices energéticos, algo precisa sair e ser criado. Assim nasceu este poema, após visita à Exposição MEVI, na galeria do BDMG Cultural, em Belo Horizonte. As obras podem ser visitadas até o dia 30 de agosto de 2018.  ... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: