Indivíduo ou infinito?

Ei, quem é você? não sei, estou sempre procurando mas, de novo, eu acabei de me esquecer do que sou, do que fui, de tudo que me prende o limite está na mente. Olho o céu e me vejo no chão. Na mão o coração, engatinha a saída o lançamento de uma nova peça em … Continue lendo Indivíduo ou infinito?

Memória

Símbolo extenso sempre perdido, mais que querido. Fragmentos de seres que se perdem em emoções Internalizadas por experiências, por vezes, traumáticas:  Recalque. Crianças aprendem que dependem da memória. Se não se lembra, é mentira. Como assim? O que é verdade? Perdidos em dicotomias semânticas, vagamos pela infância, puberdade e adolescência tornamo-nos adultos desmemoriados. Frutos da … Continue lendo Memória