“O outro em si”

No último domingo, 27/08/2017, eu tive o prazer de assistir ao espetáculo "o outro em si", da Cia Sesc de Dança. Desse momento inenarrável, nasceu o poema: Ele se perdeu andou andou andou e se perdeu em tudo que se envaideceu ele se buscava em todas as portas que escancarava entrava saia os pormenores, media … Continue lendo “O outro em si”

Real x Ideal

Muitos querem, de alguma forma, ajudar observam, não gostam e acreditam que precisam mudar ou, pelo menos, tentar alterar. Um ponto importante: muitos não querem sair do lugar preferem repetir repetir repetir sem nada fazer para evoluir e nós, que queremos ajudar acabamos precisando de ajuda pois não conseguimos viver a angústia de ver o … Continue lendo Real x Ideal

Paraísos ideais

Algumas manhãs quero o mundo exatamente ao meu prazer: Já não tenho fundo não quero mais ter que assistir ao sofrer. Crio paraísos ideais neles mergulho em desejos bem reais em todos vejo felicidade tanta que até pr'aquela anta eu desejo muita paz. Nestes rompantes egóicos quero todos como eu quero numa perfeição surreal planto … Continue lendo Paraísos ideais

Chega de repetir

Em deslizes inconscienciais permaneço Incógnito. Em qualquer ação É vento reação. Em alguns momentos Ego descansa, Dorme criança Afago é afeto. Trago o recalque à vida Lapido interpretações Desmoldo sentimentos E brilho paz em emoções. Refém, não mais É vítima que jaz. Liberdade é ação Causa e efeito é lei Mas nem sempre regra. Abro … Continue lendo Chega de repetir