Tudo ou nada

tantas guerras travadas por quase nada internas são as digressões, cenários estratos do nada reverberam medos ilusões que nos levam a nada além de medo ansiedade fome e nada tantos lindos cenários perdidos por nada aff.... do nada ao tudo ou nada nos apavoram os rios, criamos barragens não queremos repetir o enredo repetimos o... Continuar Lendo →

do abismo ao infinito

do abismo ao infinito há tristezas memórias a se reconhecerem reencontros com a alma momento de esvaziar espaços cheios de nada tanta merda dita conhecimento mais o que fazem é nos perder o momento. História nos foi ensinada ao bel prazer de interesses alheios à liberdade de corações ferozes que hoje gritam a saída das... Continuar Lendo →

Nós

Meus dedos mais que falam, Digitam nosso amor Imprimem nossa satisfação E sublimam a solidez de minha carne em fótons de sua luz, Nossa luz. Não importa se onda ou partícula, É luz, Informação Energia em transição, Não cessa, Não descansa É movimento Criação. São sentimentos que aquecemos, Entendemos e vibramos Sentimentos-amor que alimentamos Frequência... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: