do abismo ao infinito

do abismo ao infinito há tristezas memórias a se reconhecerem reencontros com a alma momento de esvaziar espaços cheios de nada tanta merda dita conhecimento mais o que fazem é nos perder o momento. História nos foi ensinada ao bel prazer de interesses alheios à liberdade de corações ferozes que hoje gritam a saída das... Continuar Lendo →

Anúncios

A vida é agora

será da insatisfação que nasce a poesia? ou será do amor, o que eu não sentia? em alguns momentos não sei o que sinto sem nome sem descrição sem chão voo os altos abismos dos quais me jogo ignoro o fim o início e o precipício além de não prestar atenção sigo sem noção do... Continuar Lendo →

Sou Bruxa

Sou Bruxa estou aqui para queimar o antigo e o sofrido tempo, por qual passamos inebriados por nós mesmos frutos de escolhas que mais eram sociais que nos trouxeram paz. Sou Bruxa já morri queimada sou eterna voltei pra renovar o que não pude acabar. Sou Bruxa minha magia é destruição fogo renovação se você... Continuar Lendo →

Espaço-tempo

Poetizo o espaço não sou feito de aço mas sei que o que faço é tentar me livrar dos sapatos com certeza nasci para andar mas descalço. Poetizo o tempo o momento a cada instante um velho tormento morre e estou mais presente em cada arrepio a pele me sente. Felipe Abras Para conhecer um... Continuar Lendo →

Sonho ou realidade?

A distância entre o sonho e a realidade é nula: a realidade é o sonho e o sonho é realidade a separação é, mais um vez ilusão. Se a intenção é um sonho real saiamos do nosso ideal de conforto vasculhemos emoções desapeguemos cantemos canções e nos arredemos, do que nos faz mal para num... Continuar Lendo →

Ano novo

O ano é novo O novo são segundos Criados com maestria O novo é o presente Que criamos A cada novo dia. Nova hora Novas portas Embora, algumas chaves Escondam-se mortas. O novo são momentos Em que aprendemos os tormentos Para criar um novo dia, O ano é novo Quando percebemos Que somos nossos guias... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: