Vidas passadas só que paralelas

O passo que danço é o compasso do canto que me guia a caminhada. Ora tropeço ora me caio, de soslaio, o tombo investigo e me rio. Deixo-me desaguar na esperança da transformação. Rio que me corre as ventas e vai desabar no mar. Oceano que me ondas e me viajas as profundezas de um … Continue lendo Vidas passadas só que paralelas

O corpo nu

o corpo veste a alma e nunca se cala a expressão e a calma, da alma do corpo objeto da criação é criação constante células vibrantes cantantes dançantes por liberdade por expressão da alma mas a calma se cala e o grito emerge da alma quando o sexo o falo e a falta são impostos … Continue lendo O corpo nu

Sou muitos!

O ar que me falta é a falta que faz morar-me em matéria e sentir o vazio de ser um ponto: apenas um indivíduo e pronto. Sou muitos! Felipe Abras

Comunicação falha

Escondo-me em palavras ciente das larvas que me impedem o expressar. A fala ainda me falta a exatidão ou a concisão em que eu quero me comunicar e este danado querer me faz é perder algumas caminhadas, às vezes, num passo a sobressaltar destruo a beleza que no outro, pode surgir e isto eu quero, … Continue lendo Comunicação falha

Um completo incompleto

Completo Nada perfeito Emito meu som Desfaço a ilusão, Outro. Somos pedaços do infinito Amigo Ou inimigo, Um: Convergência de várias ondas Que ora Em uníssono É mel dulcíssimo. Imperfeito Completo Um humilde pecador Da igreja me afastei No cabresto não me encaixei O que não cabe Dou cabo Abandonei. Vi que Deus está na … Continue lendo Um completo incompleto

Solar

Energia Flui naturalmente De dentro de nossa mente Intenções Além do bem e do mal Reverberam em dispersões Eco Do que pensamos Criamos Voos Imaginados Criam asas De dentro de nossas casas Confluências Desejos de permanência Constringem a existência Do amar A imensidão infinitesimal Compactada Em um só lar Quando pode ser tão grande Quanto … Continue lendo Solar