voz ação

a força do desejo para a liberação pode bloquear o fluxo, a emoção o que há de ser sentido virá e sempre virá se há espaço para o movimento a voz o gesto o grito libertam já as lágrimas contidas impedem o bater das asas quando em verdade somos águas a correr o eterno rio... Continuar Lendo →

Anúncios

parede inexistente

eu a favor você contra eu contra você a favor contra mim ou contra quem? a favor do que? pra que separar se é amor o que a gente tem? desejos inconscientes agora presentes tão conscientes quanto um brilho semente desejo de sumir de chegar aqui ali em algum lugar onde possa me encontrar em... Continuar Lendo →

águas afins

abandonado por mim mesmo, há milênios deixei de ser Um para me lograr à dependência. ora manipulando ora me curvando, nadei fortes mares na esperança de ser mais, melhor pra você e pra mim. ora abusado ora abusando, um quase eterno jogo de vítimas e algozes que se amam e fazem contratos de trocas desejos sexos... Continuar Lendo →

Imensurável

a intensidade do que sinto é o tamanho do peito que carrego sobre a minha alma. um tamanho imensurável que se compara ao infinito imperceptível aos olhos de quem ainda não enxerga bem. miopias destoantes de tantos se encaixam aqui dentro num formato indescritível desenhado como respeito. respeito aos olhos, às penas, às fadas e... Continuar Lendo →

Nós Mundo

Já não sei mais o que cantar toda música que me toca eleva-me a alma e evoca tantos eus por aqui espalhados agora centrados, alucinados perdidos e encontrados em cada passo que danço e aos poucos espanto as rédeas da integração me entrego completo perfeitamente vazio nas escuras montanhas coloridas da paixão por tudo, pelo... Continuar Lendo →

Navegando emoções

intensidade na leveza de ser tudo o que apraz e talvez nem é lazer há descoberta do amor no ódio há mar aberto do desconhecido próximo navegar é necessário seja a paz a tormenta ou caso otário, quem aguenta ondas norte quando o choro é certo e o santo nem tão forte? lágrimas de dor... Continuar Lendo →

tantos Eus

constantemente perdido vivo me encontrando em todo canto em cada célula que me toco em cada copo quebrado relembrando os maus tratos tudo que fui tudo que sou tudo que estou pedaços cadências da música interna, alma perdida ou achada? amada e sentida! separam alma corpo mente emoções em mim sinto uma coisa só, vulcões... Continuar Lendo →

ME VI

A arte do Renato Morcatti é daquelas que me faz vibrar e do meu corpo, em vórtices energéticos, algo precisa sair e ser criado. Assim nasceu este poema, após visita à Exposição MEVI, na galeria do BDMG Cultural, em Belo Horizonte. As obras podem ser visitadas até o dia 30 de agosto de 2018.  ... Continuar Lendo →

Desconstrução

O corpo é fluido a pele é pena a memória é até pequena mas do intuito, eu me lembro: é desconstrução de emoções, que alguns membros arrancaram e me relegaram à separação. hoje, desconstruído olho-me o umbigo e me equilibro a razão ela não manda mais apesar de ainda tentar afogar minha paz. Felipe Abras... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: