Desconstrução

O corpo é fluido a pele é pena a memória é até pequena mas do intuito, eu me lembro: é desconstrução de emoções, que alguns membros arrancaram e me relegaram à separação. hoje, desconstruído olho-me o umbigo e me equilibro a razão ela não manda mais apesar de ainda tentar afogar minha paz. Felipe Abras

Encontre-se!

Ontem, revisitei o passado memórias vieram à tona e eu nada pude fazer além de chorar pra caralho. Foi bom a emoção sentir que muito do que me limita aqui agora são sofrimentos de outra hora mal compreendidos por um garoto que não compreendia porque todos brigavam e sofriam por tanta coisa sem sentido. De … Continue lendo Encontre-se!

Sonho ou realidade?

A distância entre o sonho e a realidade é nula: a realidade é o sonho e o sonho é realidade a separação é, mais um vez ilusão. Se a intenção é um sonho real saiamos do nosso ideal de conforto vasculhemos emoções desapeguemos cantemos canções e nos arredemos, do que nos faz mal para num … Continue lendo Sonho ou realidade?

Exagerado em emoções

O berço em que me deito é de cristal translucidamente, descanso o peito que ora ama demais ora é meu capataz ordena-me passos além do medo, que não quero estar aquém. Vez ou outra ainda me faço refém a carne, por vezes, fraca instiga-me o prazer fácil o açúcar, meu algoz mantém a energia baixa … Continue lendo Exagerado em emoções

Memória

Símbolo extenso sempre perdido, mais que querido. Fragmentos de seres que se perdem em emoções Internalizadas por experiências, por vezes, traumáticas:  Recalque. Crianças aprendem que dependem da memória. Se não se lembra, é mentira. Como assim? O que é verdade? Perdidos em dicotomias semânticas, vagamos pela infância, puberdade e adolescência tornamo-nos adultos desmemoriados. Frutos da … Continue lendo Memória

Chega de repetir

Em deslizes inconscienciais permaneço Incógnito. Em qualquer ação É vento reação. Em alguns momentos Ego descansa, Dorme criança Afago é afeto. Trago o recalque à vida Lapido interpretações Desmoldo sentimentos E brilho paz em emoções. Refém, não mais É vítima que jaz. Liberdade é ação Causa e efeito é lei Mas nem sempre regra. Abro … Continue lendo Chega de repetir