Perdão

Nas mãos vejo mapas. predisposições a reações escritas em passados. em muito era maltratado, parte de um jogo emocional... perdido... logrado em trocas defasadas por um amor cobrado. não sentido. imaginado. limites não impostos que portas fecharam. dentro. no peito, dilacerado. só queria amor, ganhava exageros incompreensões. individualizadas intenções. pra um tem noção. em dois,... Continue lendo →

Poesia, magia ou ciência?

Será poesia Magia Ou pura ciência? A busca é constante Qual seja a via. Se por uma lente Eu busco expandir Talvez com as palavras O objetivo há de vir. O fixo é maleável Às vezes, insuportável. Se uma teoria me diz Alguém que o quis Dizer para um fato Seu próprio encargo. Na pele,... Continue lendo →

Vento amigo

É só você chegar que me ponho a respirar a totalidade de uma vontade e, às vezes, falta ar. Bom é que o vento é meu amigo da caminhada é meu abrigo e não há dia seguinte ou amor não correspondido que seja árdua a lide, eu tenho mesmo é aprendido que em cada "não"... Continue lendo →

União

Agora é a vez do coletivo. Evoluirmos não só o umbigo Para trabalharmos em conjunto, Quem sabe assim Juntamos o mundo. Agora é a vez de todo mundo. Ninguém ficará sem intuito, De todos, podemos juntar e somar Já que todos tem algo a doar. Agora é a vez do planeta. Hora de pararmos de... Continue lendo →

Sincronicidade

Entrelaçados uns aos outros Uma rede viva de consciência Fantasiamos individualidade Mas em essência, é Unidade. Eventos supostamente aleatórios lançam Encontros de almas coincidentes ao léu, Percorrem vidas inteiras e não há junção De repente, quando não há mais mente, Vem o destino e tece a união. Está escrito nas estrelas ou é pura invenção?... Continue lendo →

Amar

Amar O mar As gotas O suor Desatam ardentes os tantos nós Sexo Para conseguirmos ter nexo União Em dois pólos, a imersão Consciência Ilustramos a demência Os canais desobstruem-se Do toque, a perfeição Gozo é pele Inepta Desconhece-se matéria Viaja-se crua A imperfeição Perfeita Malogra-se nua A contenção Imensa Mergulha-se tensa Na interação Destina-se... Continue lendo →

Infinite pineal cure / Cura pineal infinita

Nossas células escutam Tudo o que brincamos de pensar Obedecem, certeiras, adubam Seja o que for o almejar: Se é dor, morte ou tristeza A mensagem reverberará E nosso corpo, consciente Não faz mais que respeitar. Felipe Abras   Para conhecer um pouco do trabalho que faço com Geometria Multidimensional, clique no link: felipeabras.com/canalizacao-geometria-sagrada  ... Continue lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑