O corpo nu

o corpo veste a alma e nunca se cala a expressão e a calma, da alma do corpo objeto da criação é criação constante células vibrantes cantantes dançantes por liberdade por expressão da alma mas a calma se cala e o grito emerge da alma quando o sexo o falo e a falta são impostos... Continuar Lendo →

fogo

O fogo queima se a pele teima em repetir o passado o conforto sempre vivido agora, assado morto e enterrado. a natureza não é dual ela faz seu dever sem julgar ou temer o que está pela frente não importa o que a gente tente vai queimar se estiver na hora de ir e a... Continuar Lendo →

E nossa responsabilidade, onde está?

Todos querem alguém acusar pelo sofrimento ou pelo preconceito que nós todos já sofremos o chiar é criança, adolescente, adulto ou sei lá só sei que todos sofremos e somos vítimas do que querem nos causar. E nossa responsabilidade na criação onde está? Será que fugiu a nadar ou só foi ali passear? Felipe Abras... Continuar Lendo →

Se é de átomo, dança!

Se é de átomo dança pegue seus óculos e repare diáfano é o espaço vasculhe bem dentro ache seu centro irá entender que nosso viver não é estático é onda viaja. É um falso desejo de estagnação que para o compasso e faz tanto caso da Criação. Felipe Abras Para conhecer um pouco do trabalho... Continuar Lendo →

Linearidade Truncada

A linearidade da vida é truncada não importa quem você é ou se vai pegar estrada queremos que os passos, planejados sejam firmes feito aço mas a verdade é que não há tempo ou espaço em que o comando consciente seja puro o suficiente para que o inconsciente não domine a gente. Embora, se a... Continuar Lendo →

Sinergia

Energia Para que sejamos a sinergia, A integração. Energia Para que a comunicação Quântica Seja tão forte quanto prânica E nos dê os instrumentos Para a destruição De pedras conceitos Que não nos cabem no peito Pois somos impermanência em ação Somos o Todo, integrais e plenos: CriAção! Felipe Abras https://youtu.be/-DvMz93n40o   Para conhecer um pouco... Continuar Lendo →

Tudo é mente

Entrego a morte ao diabo Ele mesmo que foi inventado Que cuide da criação da mente material. Pratos rasos superfícies Não cabem tamanha deturpação Do maldito imaginário De quase toda a população. Tudo é mente Não invente! Ninguém morre Vai pra Casa. Se os micróbios se aprazem com carne podre Não serei eu a matar... Continuar Lendo →

Nós

Meus dedos mais que falam, Digitam nosso amor Imprimem nossa satisfação E sublimam a solidez de minha carne em fótons de sua luz, Nossa luz. Não importa se onda ou partícula, É luz, Informação Energia em transição, Não cessa, Não descansa É movimento Criação. São sentimentos que aquecemos, Entendemos e vibramos Sentimentos-amor que alimentamos Frequência... Continuar Lendo →

Criação

The English version is right bellow. Antes, era calmo. Era Nada. Neste Nada havia Tudo. Quieto estava e minhas energias, equilibradas Mantinham a ordem não sensorial. Só amor Contido Não sentido. De repente, ficou chato Não havia ninguém com quem brincar, Era desejo Falta algo. Será contato? Audição?! Tato?! Olfato?!... e Paladar?! Resolvi criar um... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: