“O outro em si”

No último domingo, 27/08/2017, eu tive o prazer de assistir ao espetáculo "o outro em si", da Cia Sesc de Dança. Desse momento inenarrável, nasceu o poema: Ele se perdeu andou andou andou e se perdeu em tudo que se envaideceu ele se buscava em todas as portas que escancarava entrava saia os pormenores, media … Continue lendo “O outro em si”

Operário

E se eu largar tudo? Vendo o carro e vou pro mundo Saber do que eu quero viver Ou ser o que posso escrever. Meu sonho mesmo é ser tranquilo Assim como vaga o rio Quero ser amor a fluir, Sem me importar com aquilo Que o outro desata a rir. Vai que eu desaguo … Continue lendo Operário