Artista cria-dor, Amor

eu você nós eles elas quem? por onde? até quando? já foram? voltamos quando? caminhos, direções perdidas achadas ou foi o encontro do antigo? antes não era o amanhã que se foi ou amanhã é o ontem que não foi? quantos são os encontros que religam almas? quantas são as almas que se encontram e... Continuar Lendo →

Anúncios

das que fui sou estou

eu no centro falando não quero não sou referência tenho medo não sou controlador e sou sou humilde não sou quero que todos tenham voz e grito quero curar todo mundo adoeço, de mim mesmo quero ser grupo sem ser líder e sou, inconsciente? enxergo o ditador.   Pereço de inação por medo de agir... Continuar Lendo →

Navegando emoções

intensidade na leveza de ser tudo o que apraz e talvez nem é lazer há descoberta do amor no ódio há mar aberto do desconhecido próximo navegar é necessário seja a paz a tormenta ou caso otário, quem aguenta ondas norte quando o choro é certo e o santo nem tão forte? lágrimas de dor... Continuar Lendo →

Corpo-mestre

às vezes a palavra é dura estou cansado de frescura às vezes a paciência é pequena perdoem-me, tentarei ser mais amena às vezes, o equilíbrio me foge ainda há partes cobre ás vezes a sanidade é inimiga alguns padrões não são amigos às vezes a Terra urge um norte sou do ar e bem de... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: