águas afins

abandonado por mim mesmo, há milênios deixei de ser Um para me lograr à dependência. ora manipulando ora me curvando, nadei fortes mares na esperança de ser mais, melhor pra você e pra mim. ora abusado ora abusando, um quase eterno jogo de vítimas e algozes que se amam e fazem contratos de trocas desejos sexos... Continuar Lendo →

Anúncios

tantos Eus

constantemente perdido vivo me encontrando em todo canto em cada célula que me toco em cada copo quebrado relembrando os maus tratos tudo que fui tudo que sou tudo que estou pedaços cadências da música interna, alma perdida ou achada? amada e sentida! separam alma corpo mente emoções em mim sinto uma coisa só, vulcões... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: