Exagerado em emoções

O berço
em que me deito
é de cristal
translucidamente, descanso o peito
que ora ama demais
ora é meu capataz
ordena-me passos além
do medo, que não quero estar aquém.
Vez ou outra
ainda me faço refém
a carne, por vezes, fraca
instiga-me o prazer fácil
o açúcar, meu algoz
mantém a energia baixa
cala-me até a voz
do coração
e faço-me um exagero
em emoção.

Felipe Abras

11 comentários em “Exagerado em emoções

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s