Cicatriz

Tento te encontrar em cada cicatriz que me permeia. Desfaço a matrix e vasculho fundo os pormenores das digressões por que passo em busca do ser que vive no espaço, do nunca, do sempre. Sei que me vivo e revivo a cada instante do sempre que é o agora. A cada dia que me faço, faço o melhor abraço e abranjo o mundo. Será que te esqueço ou o que é que mereço, após tantas vidas tortas em que me fechei portas? Será que os fótons da minha luz te alcançam? Será que te encantam? Não sei, mas um dia eu não apenas te sentirei de longe. O toque arde a espera, mas a eternidade é pouco tempo pra te amar…e seguirei te amando… a cada onda que eu dançar.

 

Felipe Abras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s