Digestão

Rodeados por montanhas

Vasculhamos as entranhas

Digerimos o medo embora

E cravamos paz afora.

Informação é luz

Mas há que não a enxergue

Nem por dura cruz.

Cama dura mente flua

Lá em cima já vem lua:

Desafie a morte

Não se ocupe do medo,

Tarda a sorte

Mas não se vive detento!

Uivantes folhas nas alturas

Flamejam

Tudo que vagantes almas

Almejam:

Liberdade

Com amor e expressão

Qual seja a nota da canção

Espalha paz pelas cidades

E reverbera amenidades.

Felipe Abras e Ricardo Giovani

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: